Parque suspenso de Nova York, High Line ganhará jardim circular | aU - Arquitetura e Urbanismo

Urbanismo

Notícias

Parque suspenso de Nova York, High Line ganhará jardim circular

Para a associação que mantém o local, a proposta trará uma nova experiência sensorial na metrópole

Camila Berto Tescarollo
10/Janeiro/2014

O High Line, parque suspenso de Nova York, ganhará um jardim arborizado em formato circular na área conhecida como Spur. Apelidado de "ninho", o projeto, de James Corner, do James Corner Field Operations, e de Ric Scofidio, do Diller Scofidio + Renfro, integra a Fase 3 do parque e fica acima do cruzamento da 10th Avenue com a West 30th Street.

A ideia é que as árvores e a vegetação tornem o espaço intimista e acolhedor para a população. O projeto inclui bancos dispostos em meia lua e um pequeno teatro, na forma de coliseu, de forma que o Spur seja um local agradável para descanso e trabalho.

Segundo o site da associação Amigos da High Line, que administra o parque, o local possibilita uma experiência sensorial diferente dentro da metrópole de Nova York. "Em contraste ao desenvolvimento urbano ao redor do High Line, a estrutura circular proporciona um ambiente exuberante e envolvente, inspirado pela vegetação densa, inserindo os visitantes na natureza", disse o grupo.

Apesar de sua proposta intimista, o Spur está localizado em uma posição estratégica, com vista para o Hudson Yards, futuro megaempreendimento na região que circunda o parque. De acordo com Robert Hammond, cofundador da Amigos da High Line, foi um desafio encontrar uma boa saída para ocupar o que será o futuro jardim. "Havia tanta expectativa para aquela área que sabíamos que precisávamos fazer algo extraordinário", afirmou.

As obras da Fase 3, cujo custo estimado foi de 76 milhões de dólares, serão finalizadas até o final de 2014. O Spur, porém, será entregue dois anos depois.



Destaques da Loja Pini
Aplicativos