Veja proposta brasileira finalista do concurso internacional para museu Bauhaus na Alemanha | aU - Arquitetura e Urbanismo

Notícias

Veja proposta brasileira finalista do concurso internacional para museu Bauhaus na Alemanha

Projeto do Studio CSD, Atelier 77 e Sapu foi o único a representar o País na competição, que teve Gonzalez Hinz Zabala e Young & Ayata como vencedores

Kelly Amorim, do Portal PINIweb
4/Novembro/2015

A equipe formada pelos escritórios brasileiros Studio CSD, Atelier 77 e Sapu ficaram entre os 30 finalistas do concurso internacional de ideias promovido pela Bauhaus Dessau Foundation para o projeto de um museu na cidade de Dessau, na Alemanha.

A proposta elaborada com colaboração da Tête-à-Tête e Combo3D foi a única a representar o País na competição, que teve o escritório espanhol Gonzalez Hinz Zabala e o estadunidense Young & Ayata como vencedores

O projeto, intitulado Bauhaus 360º, tem por intenção abrir a arquitetura tanto para o parque quanto para a cidade de Dessau, e foi desenvolvido a partir de dois aspectos do edifício de Gropius: porosidade e funcionalidade. Porosidade pelo fato de que a arquitetura pode ser acessada, visualmente ou fisicamente, por todos os lados; e funcionalidade por ser organizada em uma configuração de espaço servido/espaço servidor, que permite maior funcionalidade e liberdade ao programa.

Foi proposto permitir aos visitantes, usuários e a população de Dessau descobrir o edifício conforme se transita ao seu redor. Independentemente de onde se observa, a vista será dinâmica e acolhedora, uma vez que o edifício não tem fachada frontal e de fundos, maximizando a integração com seu entorno.

Na escala urbana, o museu é discreto. Não é mais alto que os edifícios ao seu redor e propõe a manutenção do máximo de árvores no terreno. Na escala arquitetônica, o edifício é horizontal e suas áreas comuns e galerias possuem somente um pavimento, sendo que somente a administração e áreas de serviços estão alocados no primeiro pavimento.

O museu proposto é equipado com diferentes elementos de sustentabilidade ambiental: painéis fotovoltaicos para gerar energia; coleta de água das chuvas para diferentes usos no edifício e ao seu redor; e sistema de fachada ventilada para permitir ao edifício perder calor no verão e manter calor no inverno, minimizando a necessidade de ar condicionado durante o ano.



Destaques da Loja Pini
Aplicativos