IAB-MG divulga os ganhadores da sua premiação anual de arquitetura | aU - Arquitetura e Urbanismo

Notícias

IAB-MG divulga os ganhadores da sua premiação anual de arquitetura

Confira os escolhidos nas categorias habitação, edifícios, interiores, conservação, entre outros

Kelly Amorim, do Portal PINIweb
18/Dezembro/2015

O Departamento Minas Gerais do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-MG) anunciou nesta semana os projetos vencedores da 17ª Premiação Anual de Arquitetura, cujo tema foi "Pampulha: Patrimônio de Todos".

O Prêmio Especial Construção em Aço foi concedido ao arquiteto João Diniz pelo Pamp Pavilion. Elaborado com colaboração de José Baccarini, o equipamento serviu de portal de entrada da mostra de arquitetura e design Casa Cor 2015 na capital mineira. A obra adotou o conceito 'Essência Mineral', utilizando aço oxidado, material que remete diretamente aos minérios siderúrgicos do estado de Minas Gerais.

No segmento de obras construídas, o vencedor na categoria Habitação Uni e Multifamiliar foi o projeto "Casa Vale do Sol", de Marcos Franchini. Na mesma categoria foram concedidas menções honrosas ao "Edifício VDA", de Carlos Teixeira, e "Casa DN", de Ulisses Morato de Andrade.

Já na categoria Edifícios Comerciais ou de Serviços, venceu o "BRT Estação Move", do escritório Gustavo Penna Arquitetos Associados.

O "Arqueologia Estrutural", de Carlos Teixeira, venceu na categoria Edifícios Religiosos, Sociais, Institucionais, Culturais, Educativos e de Lazer; enquanto o "Restaurante Olga Nur", de Carlos Alberto Maciel e Paula Zasnicoff Duarte Cardoso da Silva, foi eleito em Interiores, que também concedeu menção honrosa ao "Machina Helmets and Parts", de Marina Campos Christo Maciel.

No segmento de planos e projetos, venceu na categoria Habitação Uni e Multifamiliar a "Casa Comiteco", de Nathália Bom Conselho; em Edifícios para Fins Industriais a "Fábrica de Vidros BrasilGlass", de Sidônio Porto; e em Edifícios Comerciais e de Serviços o "Terminal Universitário", de Thomas Regatos.

Na categoria Conservação, Reutilização, Requalificação e Valorização do Patrimônio Construído, o prêmio foi para a "Fazenda Registro Velho", de Joseana Costa; e a menção honrosa para o "Polo Coroadinho", de Luiz Felipe de Farias.

Em Trabalho Final de Graduação o premiado foi "Habitação Social Lagoa Seca", de Andreia Santos de Campos; enquanto o "O Acaso e o Encontro", de Isabella Flach Gomes, recebeu menção honrosa.

Todas as propostas premiadas estão expostas na Galeria do Espaço Multifuncional na Sede do IAB-MG, aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 18h00 horas, na Rua mestre Lucas, 70, Cruzeiro, em Belo Horizonte.



Destaques da Loja Pini
Aplicativos